Jornada de Não Violência Ativa para Escolas

Categorias: Uncategorized
Lista de desejos Share
Share Course
Page Link
Share On Social Media
Informações do curso
Curriculum

Sobre o curso

 

Sobre a Jornada de Criação de Núcleo de Não Violência Ativa para Escolas

Esta Jornada é inspirada nas praticas do Movimento Humanista, que ao longo de décadas atua na difusão da Não Violência Ativa como estilo de vida e metodologia de ação. Também é o acumulo da aplicação da Não Violência as escolas, praticadas por grupos em diversos países incluindo o Brasil. Esta sequencia foi praticada ao longo de alguns anos em escolas publicas de Pernambuco. E dessas ações surgiram esses passos que agora podem ajudar a sua escola a fortalecer a atuação não violenta sobre…
 

Sobre a Jornada de Criação de Núcleo de Não Violência Ativa para Escolas

Esta Jornada é inspirada nas praticas do Movimento Humanista, que ao longo de décadas atua na difusão da Não Violência Ativa como estilo de vida e metodologia de ação. Também é o acumulo da aplicação da Não Violência as escolas, praticadas por grupos em diversos países incluindo o Brasil. Esta sequencia foi praticada ao longo de alguns anos em escolas publicas de Pernambuco. E dessas ações surgiram esses passos que agora podem ajudar a sua escola a fortalecer a atuação não violenta sobre os conflitos e alcançando uma escola mais humanizada. Os vídeos foram gravados durante o ano de 2019 para a Turma BR.2019 que teve a participação de mais de 500 pessoas de mais de 12 estados brasileiros. Essa formação foi uma parceria entre projetos humanistas (entre eles o Coletivo Humanista de Pernambuco) e a UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco, através do PET - Politicas Publicas e a EADTec - UFRPE que é a Unidade responsável pelas graduações a distancia da universidade, que ajudaram de diversas formas.

O Projeto Não Violência nas Escolas

O Projeto Não Violência nas Escolas surge das praticas do Coletivo Humanista de Pernambuco junto com o PET – Conexões de Saberes – Politicas Publicas de Afirmação para a Juventude e as escolas de Igarassu e Itapissuma, entre 2015 e 2016. Após este período foi-se desenvolvendo temas e trabalhos de forma mais especifica a partir do que surgia como dificuldade e conflito. Hoje temos um grupo de oficinas mais amplo com diversos propósitos, dependendo das necessidades que cada escola pode estar vivendo.

As Oficinas

O Projeto possui um numero de diversas Oficinas sistematizadas, mas neste primeiro momento trabalharemos somente as 6 primeiras. Cada oficina possui um principio, um objetivo geral e um objetivo estratégico. Os princípios serviram de referência moral, ética ou objetiva para a oficina. Os objetivos gerais geralmente estão associados aos temas que tratam e aos princípios em que se norteiam. Os objetivos estratégicos respondem as necessidades pontuais da construção do Núcleo. As 6 Oficinas em questão são:
  • Oficina 1 - Superando a Violência
  • Oficina 2 - Coerência Humana
  • Oficina 3 - Historias de Não Violência
  • Respiro - Uma pausa para Respiração e Relaxamento
  • Oficina 4 - Convergir na Diversidade
  • Oficina 5 - Ação T. ( Ação Transformadora / Ação Direta Não Violenta)
  • Oficina 6 - Criação do Núcleo de Não Violência Ativa na Escola

O NÚCLEO DE NÃO VIOLÊNCIA ATIVA NA ESCOLA

O Núcleo será formado a cada ação realizada pelas(os) responsáveis da escola no projeto. O núcleo não é composto de espaço físico, nem de uma placa na entrada na escola, muito menos de um certificado alcançado, apesar de que poderá ter cada elemento desse. O Núcleo é uma Equipe que se responsabiliza pela transformação humanista na escola. Gente que assumiu para si esse compromisso e vê como urgente a atuação coletiva e solidaria de gente cada dia mais capaz de transformar sua realidade na direção da paz e da convivência plena da diversidade. O Núcleo visa a transformação global a partir de sua atuação local. O Núcleo é a soma de inúmeras intenções, sentimentos e ações que tem em comum a preocupação com o outro ser humano e com a elevação da vida como prioridade. O Núcleo será constituído com os as demandas que surgirão e que já são sabidas pelos envolvidos. O Portal e a Comunidade Este portal de comunicação, formação e mobilização surge através do apoio da Escola de Ativismo, que é uma organização que apoia outras organizações e movimentos no seu processo de aprendizagem ativista.

About the instructor

Course Curriculum

Introdução

  • Objetivos gerais e estratégicos de cada oficina da Jornada
  • O que é a Não Violência Ativa ?
  • Sobre a Multiplicação das Oficinas.
  • Quem somos ?
  • A opção da Não Violência.
  • Formas de Comunicação, Interação e Intercâmbio.
  • 200 Escolas pela Paz e Não Violência.
  • Formato e Calendário.

Oficina 1 – Superando a Violência

  • Superando a Violência
  • Apresentação: A indignação como motor da transformação.. apresente a sua.
  • A Violência está aumentando ?
  • A Cultura da Violência
  • Regra de Ouro da Não Violência ” Trate as demais como você gostaria de ser tratada”
  • Reflexão coletiva sobre como a regra de ouro pode ajudar no ambiente escolar.
  • Comunicação Direta – Exercício
  • Respiração baixa, uma prática para momentos de tensão.
  • Meditação Solidária: O pedido
  • Aplicação da Oficina 1 – Superando a Violência

Oficina 2 – Coerência ( Pensar, Sentir e Agir na mesma direção)

  • Bem vindo(a) ao Módulo sobre Contradição e Coerência
  • Introdução ao Módulo 3 Contradição e Coerência
  • Apresentação Que contradição mexe contigo..
  • Reflexão Coletiva sobre como a contradição de apresenta
  • Leituras de trechos dos livros Humanizar a Terra e Cartas aos meus amigos
  • Reflexão sobre o Livro Cartas aos meus amigos
  • Exercício: Mapa da Contradição.
  • Comentários sobre o Mapa da Contradição Dificuldade x Contradição
  • Diferenças entre dificuldade e contradição
  • A Crise de Referências e a Coerência
  • Os 3 Pilares da Coerência Pensar, Sentir e Agir na mesma direção
  • Coerência e seus indicadores
  • Cite momentos da sua vida onde vc exercitou a Coerência
  • Planejando uma Ação Válida (A Coerência no mundo) – Bússola da Coerência

Oficina 3 – História da Não Violência

  • Como aplicar a Oficina da Historia da Não-Violência
  • Introdução a História da Não-Violência
  • Referentes da Não-violência no Brasil
  • Diferença entre Princípios e Táticas Não-Violentas
Gratuito
Free access this course
Rolar para cima